Caixa de busca

Últimas matérias

13 Dicas para evitar a obesidade infantil

s 09:52

13 Dicas para evitar a obesidade infantil

Quantas vezes seus filhos já utilizaram diversos comportamentos (gritaram, choraram, se jogaram no chão, fizeram caras e bocas) para ganharem doce, refrigerante ou qualquer tipo de alimento inadequado? Você conseguiu resistir alguma vez? Vou torcer para que sim! Mas, caso isso ainda não tenha acontecido, está na hora de aprender que dizer não para os seus filhos é dizer não para obesidade infantil.  

obesidade infantil já é considerada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) uma epidemia. Antigamente, ter uns quilinhos a mais era sinal de saúde, de orgulho para os pais, mas hoje, na verdade, é a porta de entrada para diversos problemas de saúde, tais como: 
  • Pressão alta;
  • Diabetes tipo 2;
  • Doenças do coração;
  • Colesterol elevado;
  • Câncer;
  • Infertilidade;
  • Dor lombar. 
Além disso, as crianças podem desenvolver problemas psicológicos. Os coleguinhas fazem piadas, intimidam, rejeitam, ou seja, as crianças são marginalizadas pelo aspecto que têm. E todo esse quadro geram transtornos como depressão, bulimia e anorexia. E quando a obesidade infantil persiste na adolescência, por não ter sido tratada a tempo, provavelmente, vai até a idade adulta.

A principal causa está relacionada com o famoso "sim"que nós, pais, damos diariamente para as crianças. Eu já cedi, mas hoje #EuDigoNao para alimentos e comportamentos inadequados. Precisamos encarar esse problema com atenção e lembrarmos que somos os maiores exemplos deles.

Que tal, então, tomar alguns cuidados para evitar que os seus filhos não aumentem as estatísticas?

Confira como evitar a obesidade infantil: 
  1. Comer regularmente em todas as refeições;
  2. Não ingerir açúcar e gordura descontroladamente;
  3. Não comer muita quantidade / não obrigar a criança a comer sem fome;
  4. Não assistir mais de 3h de TV por dia;
  5. Não comer enquanto assiste TV;
  6. Praticar exercício;
  7. Desenvolver a criatividade e a brincadeira;
  8. Comer à mesa;
  9. Ter respeito à comida e aprender sobre os alimentos;
  10. Dormir bem;
  11. Beber quantidade certa de água;
  12. Só comer quando tem fome;
  13. Passar mais tempo de qualidade com os pais. 
Dicas especiais para os pais: 
  • Deixe os alimentos atraentes, pois não adianta nada ofertar alimentos saudáveis, sem que eles pareçam apetitosos;
  • Reserve um tempo para brincar com os seus filhos de amarelinha, baleado, pula corda, esconde-esconde, dentre tantas brincadeiras da sua infância;
  • Converse com os seus filhos abertamente, sem crítica ou julgamentos.
Se nós, pais, fizermos a nossa parte, vamos fazer nossas crianças desfrutarem do bem-estar físico e mental, como desejado, em um futuro não muito distante. 

*Este post é patrocinado por uma empresa que o Gemelares aprova e confia.

Beijos, 
Juliana Doerner. 

(Clique e faça parte das redes sociais do Gemelares.com.br)
Categorias: ,
Comentrios
0 Comentrios

0 comentrios:


Postar um comentário

Obrigada pela visita em breve retribuirei!

Blogroll - Mães Blogueiras

Inscreva-se:  

Decoração

Receitas

Vida de Mãe

 
Pin It button on image hover