Caixa de busca

Últimas matérias

O que você vai ser quando o seu filho crescer?

s 00:41

O que você vai ser quando o seu filho crescer?

Esperei ansiosamente por 38 semanas e 4 dias para conhecê-los, nasceram com 2.450kg e 2.480kg com muita saúde e foram direto para o quarto comigo. Passei alguns minutos olhando para os dois e fiquei tentando imaginar como seria minha vida a partir daquele momento em diante. A única coisa que consegui definir é que nascia ali uma nova mulher. 

Durante os primeiros meses, confesso que achei que não daria conta. Afinal, fazia tudo duplamente: eram dois bebês para amamentar e arrotar, duas fraldas para colocar, dois banhos para dar, duas atenções diferentes e ainda tinha a casa, a alimentação da família e tantas coisas. Existiram dias que sentei e chorei, como qualquer mãe de gemelares. Durante esse período nunca me esqueci do amor que pairava sobre o nosso lar, da alegria de ter gerado meu maior sonho e que tudo que estava acontecendo era apenas uma fase e logo passaria. 

O engraçado é que nos primeiros meses a impressão que eu tive é que o tempo não passava e depois que o "sufoco" inicial foi embora, o tempo começou a passar rápido demais. Hoje, meus gêmeos já estão com 5 anos e na última semana um comportamento deles me chamou a atenção. Me pediram para usar uma camisa social sobre o uniforme. Achei estranho, mas como estava na minha loucura diária, não os questionei. Após alguns minutos, sentaram pertinho de mim e falaram que quando crescessem queriam trabalhar vestidos com camisa social, pois queriam trabalhar "bem bonitos". Então, parei tudo que estava fazendo e fiquei observando-os e fiz o seguinte questionamento: Como já estão querendo escolher o que vão ser quando crescerem? 

Até esse momento nunca tinha parado para pensar no que eles seriam quando crescessem, já que eles têm apenas cinco anos. Muito menos o que vou ser quando eles crescerem

Sei que não os terei em casa todos os dias, que não vão mais pedir o leitinho na hora de dormirem, que não vou mais precisar secá-los após o banho, que não vou receber aquele beijinho tão gostoso de bom dia, como também, não vou ouvi-los gritando que a mamãe chegou. É muito difícil tentar imaginar que tudo isso mudará um dia, mas o que me conforta é saber que isso faz parte do ciclo da vida, e que outras situações virão. Eles vão sempre precisar de mim, pois uma vez mãe, sempre mãe. Não importa onde estejam, quando um vínculo é criado, ele é para sempre!

Enfim, vou ser para sempre a melhor mãe do mundo! Assim, como é a minha mãe, pois tudo pode mudar menos isso: sempre serei a mamãezinha deles! #mãesprasempre


E você o que vai ser quando seu filho crescer? Deixe aqui nos comentário vou adorar saber o que você deseja ser! 




(Clique e faça parte das redes sociais do Gemelares.com.br)
Comentrios
0 Comentrios

0 comentrios:


Postar um comentário

Obrigada pela visita em breve retribuirei!

Blogroll - Mães Blogueiras

Inscreva-se:  

Decoração

Receitas

Vida de Mãe

 
Pin It button on image hover