Caixa de busca

Últimas matérias

16 Coisas que toda mãe de gemelares de primeira viagem precisa saber

s 11:13

Quando estava grávida dos gêmeos, lia tudo que podia sobre como seriam os primeiros meses com os bebês. Mas na prática foi totalmente diferente. Aprendi a seguir meu instinto materno. A pedir socorro para as mães gemelares que já tinham experiência. A dizer "não"! Como também, que viver sem rotina seria impossível. Por isso, resolvi compartilhar algumas dicas que eu gostaria que alguém tivesse me dito. 

16 Coisas que toda mãe de gemelares de primeira viagem precisa saber

16 Coisas que toda mãe de gemelares de primeira viagem precisa saber

1. Faça amizades com mães gemelares
Como as dúvidas serão frequentes, é muito interessante participar de algum grupo no facebook com mães gemelares (faça parte do nosso grupo clicando aqui)  ou até pelo whatsApp. 

2. Visitas após 30 dias do parto (no mínimo)
Isso mesmo! Só quem é mãe de gemelares sabe como o primeiro mês é complicado e exaustivo. Existe um cuidado redobrado para os bebês não perderem peso. Sendo assim, a mamãe terá que ter tranquilidade para amamentá-los, como também, para descansar. Ou seja, as visitas sempre pedirão para segurarem os bebês, vão mudar a rotina que ainda estará sendo implantada, não vão deixar a mamãe descansar e, consequentemente, ela ficará estressada. Dessa forma, pode não produzir leite na mesma proporção e obviamente que os bebês também ficarão com o corpinho dolorido.  Além do mais, a mamãe fica mais de camisola do que com qualquer outra roupa. Diante do exposto, é melhor deixar a vergonha de lado e avisar aos parentes (com exceção dos avós, tios, e tias dos bebês) que após 30 dias (sugiro 40 dias) vocês receberão as primeiras visitas. 

3. Rotina é a solução
É complicado ter hora para tudo e tentar manter isso por dias, mas com gemelares essa é a melhor alternativa. É interessante os bebês fazerem tudo juntos, pois assim a mamãe terá mais tempo disponível e poderá descansar também. 

4. Siga seu instinto materno
Sabe quando todo mundo acha que sabe mais do que você? É bem assim! Serão tantos palpites que você cansará de ouvi-los. Mas siga apenas o que achar certo, pois o instinto materno sempre guiará você. 

5. Não tenha vergonha de pedir ajuda
Você precisará, sim, de amigos e familiares ajudando uma vez ou outra. Muitas mães acham que conseguirão fazer tudo sozinhas, mas logo perceberão que na prática não é tão fácil assim. Por isso, deixe a vergonha de lado e solicite ajuda para quem estiver por perto. 

6. Tenha um caderno ou uma planilha de anotações
É muito importante anotar o peito que cada bebê mamou, pois é indicado trocar de seio a cada mamada. Como também, registrar quantas vezes fizeram cocô e xixi, já que o pediatra solicitará essas informações. Como são gemelares, é provável que você não lembrará de tudo com exatidão. Por isso, é interessante seguir essa dica.

7. Quando os bebês dormirem, durma também
Normalmente as mães aproveitam que os bebês dormiram para tentar colocar tudo no lugar, não é? Como por exemplo: limpar a casa e passar as roupas. Tudo em um curto período de tempo, pois logo os bebês acordarão. Mas se você seguir essa mesma rotina, como estará quando eles precisarem de você? Calma ou estressada? É importante ter em mente que esse momento é difícil, pois além de cuidar dos bebês durante o dia, ainda terá uma madrugada inteira amamentando e trocando fraldas, ou seja, você precisará de bastante energia. Por isso, se os bebês dormirem, se puder, durma também.

8. As noites mal dormidas passam
Por mais eternas que pareçam ser, elas vão passar, sim! No inicio é cansativo, eu sei! Mas você conseguirá. O que acha de pedir ajuda ao maridão?

9. Ignore as comparações
Como é horrível quando alguém compara um bebê com o outro. Eles são gêmeos, mas são bebês diferentes e não precisam, necessariamente, serem iguais em tudo. Até porque isso seria impossível. Quando isso acontecer na presença dos gemelares, sugiro que aproveite a oportunidade e reforce que não existe pior, ou melhor, menos ou mais. Pois cada um tem qualidades incríveis e características distintas. 

10. Valorize cada momento
Muitas vezes a rotina é cansativa e os momentos únicos e especiais são pouco aproveitados. Deixe o desespero de lado e aproveite cada instante com seus pequenos. Lembre-se que esses momentos não irão voltar. 

11. Lave as roupas dos bebês na máquina
A primeira lavagem das roupinhas sugiro lavar na mão, mas após os gemelares nascerem se você não tiver alguém que te auxilie com essa tarefa, coloque tudo na máquina, use um sabão especial e não se sinta culpada. Você é uma só e não terá tempo de ficar no tanque lavando tudo a mão. 

12. É normal olhar no espelho e não se sentir bem
Quem nunca? As mães gemelares passam o dia amamentando, anotando o horário de tudo, trocando fraldas e ainda tem a madrugada que é sempre muito longa, não é? Então, como  ficar bem e disposta sempre? Impossível! Terão dias, sim, que o choro será inevitável, mas fique tranquila que tudo passará. 

13. Cuide de si mesma
Não é fácil ficar "apresentável" nas primeiras semanas após o nascimento dos bebês. Isso é fato! Mas quando puder, tente pentear os cabelos, tirar o excesso das sobrancelhas, pintar as unhas, tirar o pijama e colocar uma roupa confortável e ao mesmo tempo vistosa. Sugiro, inclusive, que você tente fazer algo a cada dia, por exemplo: segunda lavar e secar os cabelos, terça tirar o excesso das sobrancelhas, quarta pintar as unhas e assim por diante. Tenho certeza que se sentirá melhor.

14. Arranje um tempo para namorar com seu marido
Lembre-se que antes dos bebês nascerem você tinha um tempo maior para seu esposo. Não deixe seu amado de lado! Tudo bem que no primeiro mês essa atenção é quase impossível, principalmente, porque a maioria dos gemelares nascem através do parto cesáreo. Sendo assim, no máximo depois de dois meses, reservem um tempinho para namorar e relaxar. O importante é terem um momento a dois. Busque observar qual o período que os bebês dormem mais e aproveitem! 

15. Prepare seu coração para sentir o maior amor do mundo
Não existe amor maior! É indescritível o que sentimos quando ouvimos o primeiro choro dos gemelares ao nascerem. É emocionante e as lágrimas são inevitáveis. Então, prepare-se, pois você irá se surpreender. 

16. Você não precisa ser uma mãe perfeita
Ninguém é perfeito e você também não precisa ser. Todas as mães erram tentando acertar e você não será a primeira. Não se culpe por nada! Você sempre será uma excelente mãe para seus filhos!


Beijos,
Juliana Doerner.

   
(Clique e faça parte das redes sociais do Gemelares.com.br)
Categorias: ,
Comentrios
1 Comentrios

1 comentrio:

  1. Chorando desde já! RS..
    Mãe de primeira viagem e gemelar. Pensa como está minha cabeça e meu coração! Amei o site e super indico.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita em breve retribuirei!

Blogroll - Mães Blogueiras

Inscreva-se:  

Decoração

Receitas

Vida de Mãe

 
Pin It button on image hover