Caixa de busca

Últimas matérias

Carta aos meus gêmeos com 10 lembranças que nunca vou esquecer

s 16:57

Carta aos meus gêmeos com 10 lembranças que nunca vou esquecer

Pietro e Pierre, há 5 anos acordei ansiosa para conhecer vocês, tomei um banho, papai conferiu se todos os itens da lista para maternidade estavam no carro e lá fomos nós, mamãe, papai e a vovó Ana. Após algumas horas no quarto a enfermeira avisou que tinha chegado a hora do momento tão sonhado e que jamais eu esqueceria. 

O coração acelerou, fiquei emocionada e logo estava pronta e o papai também, já a vovó, tentava ajudar a mamãe a ficar calma. Antes do grande momento, ela me abraçou me abençoou e só depois entramos para o centro cirúrgico. Após todos os procedimentos necessários o Doutor avisou que iniciaria o parto, então, depois de um tempinho veio o primeiro choro, você Pietrinho e logo depois o segundo, você Pierrinho. Quanta emoção! Quanta felicidade! Quanto amor! Pedimos para uma das enfermeiras baterem a clássica foto após o parto e tudo a partir desse momento mudou para sempre.

Sei que um dia terão a oportunidade de ler essa carta e quero que saibam como algumas coisas aconteceram pela primeira vez na vida de vocês:

1 - Lembro-me da minha ansiedade para ouvir, pela primeira vez, vocês me chamando de mamãe

Quando isso aconteceu vibrei de tanta felicidade! E hoje o que mais ouço é a palavra "mamãe", até já brinquei dizendo que vocês parecem à galinha da angola, pois ficam o tempo todo falando: "Mamãe, mamãe, mamãe..." rs. Confesso que já desejei que chamassem mais o papai do que a mamãe, e ao mesmo tempo, já me senti culpada por desejar isso.

2 - Lembro-me da primeira vez que desceram do berço

Terminei de dar banho em vocês e os coloquei no berço, depois liguei o DVD com o CD da galinha pintadinha e fui tomar um banho típico de mãe. Quando voltei, não os encontrei no berço, imaginam o susto que a mamãe levou?! Quase tive um "treco"! Mas graças a Deus vocês desceram e foram para sala brincar. Depois disso nunca mais deixei vocês sozinhos dentro do berço enquanto tomava banho.

3 - Lembro-me da primeira vez que pularam o cercadinho 

Vocês acordavam muito cedo e a mamãe passava a noite amamentando-os, então, o papai acordava para ir trabalhar e fazia um grande cercado na sala com o sofá, colocava vocês assistindo a Galinha Pintadinha, acordava a mamãe, que mesmo sonolenta ficava tentando olhar vocês com um olho aberto e o outro fechado. Até que aprenderam a subir no sofá e deslizar para o outro lado. Vocês não imaginam como a mamãe ficou apavorada quando abri os olhos e não os encontrei dentro do cercado. Saí desesperada chamando-os e quando percebi estavam apenas brincando do outro lado do sofá. Então, agradeci a Deus por ter protegido de vocês.

4 - Lembro-me da primeira vez que vocês não acordaram durante a noite para mamarem e deixaram a mamãe descansar

Os primeiros meses a mamãe achou que nunca mais dormiria durante a noite por horas consecutivas, pois sempre precisava amamentá-los ou acudi-los quando estavam agitados nos berços. E aquela noite foi simplesmente incrível, vocês apagaram e a mamãe acordou renovada para mais um dia.

5 - Lembro-me da primeira vez que mamaram sozinhos

A mamãe ficou tão feliz, pois enquanto vocês mamavam eu poderia agilizar outras coisas para nosso dia ficar mais organizado. No inicio fiquei com medo de engasgarem, mas confiei que conseguiriam, porém ficava sempre observando. 

6 - Lembro-me da primeira vez que fugiram para casa da vovó Heide e do vovô Reni

Estava preparando o almoço enquanto vocês brincavam ao redor da nossa casa na fazenda, até que não ouvi mais a conversa entre vocês e fui correndo verificar qual seria a arte da vez. Quando cheguei ao pátio e percebi que não estavam lá, fiquei desesperada, procurei tanto fora como dentro de casa e não os encontrei. Foi aí que pensei que poderiam ter ido para casa da vovó e do vovô. Sai descalça, aquele dia o sol estava muito quente, sendo assim, as pedrinhas na estrada estavam fervendo, mas na hora isso não importava, eu gritava desesperadamente por vocês, até porque antes da casa de seus avós tem uma pequena ponte e, por isso, fiquei tão apavorada. Fui correndo e quando cheguei lá vocês estavam no portão, e cada um gritava: "vovó chegamos.. vovô chegamos". Na hora não consegui dizer nada para vocês, só chorava, abracei-os, e tentei manter a calma. Passei dias pensando na tragédia que poderia ter acontecido. Nunca imaginei que conseguiriam abrir o portão subindo nos brinquedos, rs. Quanta inocência da mamãe!

7 - Lembro-me quando deixaram de chupar chupeta

Fiquei um bom tempo pensando em como tirar a bendita chupeta que vocês tanto gostavam, inclusive, perdi as contas de quantas chupetas comprei. Até que tive uma excelente ideia! Vocês queriam muito uma bicicleta, então, foi aí que comecei a conversar com os dois sobre a possibilidade de cada um trocar a chupeta por uma bicicleta. No começo vocês não aceitaram a proposta da mamãe! Mas depois cederam e foi assim: Chegamos à bicicletaria, escolhemos quais seriam as bicicletas e vocês entregaram a chupeta como pagamento e saíram felizes para casa da vovó Ana. Porém, quando chegou a hora de dormirem queriam a todo custo devolverem a bicicleta para pegarem de volta  as amadas chupetas. A primeira noite foi difícil, mas depois de alguns dias não pediram mais a "peta", pois a "bicicleta era mais legal", como vocês mesmos falavam.

8 - Lembro-me da primeira vez que cantaram parabéns e vibraram com o simples bolo que mamãe fez

Todo ano celebrava o aniversário de vocês com uma linda festa, mas quando completaram 4 aninhos, estávamos passando por uma fase complicada financeiramente, vocês tinham iniciado a vida escolar e exatamente no dia do aniversário a mamãe ingressou na faculdade. Então, optei por fazer um bolo simples para cantarmos os parabéns. E por incrível que pareça, esse foi o aniversário que vocês mais vibraram, fiquei emocionada com alegria quendemonstraram diante daquele bolo simples e das velinhas mais simples ainda.

9 - Lembro-me do primeiro dia na escola

Esse foi um dos dias mais difíceis desde que nasceram, juro que pensei que não iria conseguir ficar longe de vocês todos os dias por um período do dia. Acordamos cedo, tomamos café e lá fomos nós. Mamãe estava com o coração tão apertado que acredito que sofri mais que os dois juntos, principalmente, porque percebi que também estavam com medo. Ao chegar à sala de aula vocês foram convidados para irem ao parquinho com os coleguinhas e depois de me despedir, fiquei ali observando e logo fui embora, mas antes de chegar ao carro ouvi vocês me gritarem desesperadamente e quase voltei para tirar meus pimpolhos daquele "sofrimento" momentâneo. Mas segui firme e forte para casa, chorei muito e depois fiquei contando os segundos para buscá-los. Que manhã difícil!!! Mas vencemos juntos!

10 - Lembro-me da primeira viagem de avião que fizemos 

Fiquei tão feliz quando descobri que vocês iriam com a mamãe para São Paulo ao evento da Baby Dove que imediatamente contei a vocês. Como vocês vibraram com a notícia! Ficaram super ansiosos para a viagem, e quando chegou o grande momento, queriam saber como o avião sairia do chão e voaria. Todos ao nosso redor perceberam como vocês estavam eufóricos. Foi emocionante!

Esses foram apenas alguns momentos!

Enfim, vocês chegaram e trouxeram alegria, amor e muitas emoções para nossas vidas! A mamãe durante esses cinco anos tentou  ser a melhor mãe que um dia pensou em ser, mas existiram momentos que batia aquela culpa de mãe, pois mesmo tentando ser uma boa mãe, errei por diversas vezes. E durante esses acertos e erros aprendi que nunca vou ser uma mãe perfeita, apenas uma mãe real. Aquela que chora junto com os filhos, que rola no chão e esquece a hora de começar a fazer o almoço, que tenta colocar os filhos para dormirem e dorme primeiro de tanto cansaço, como também, aquela que já levou os filhos para dentro do banheiro para conseguir fazer xixi.

Sei que para vocês sempre serei a melhor mãe do mundo e isso é o que importa!! Mamãe ama vocês!!

Beijos,
Juliana Doerner.

Confira também: 

  • 10 Erros mais comuns na hora de colocar os gemelares na cama, clicando aqui;
  • Não sou uma mãe de gêmeos perfeita, sou apenas mãe, clicando aqui;
  • Dicas especiais para viajar de carro com gemelares, clicando aqui;
  • Dormindo a noite toda depois dos gemelares, clicando aqui;
  • 5 Dicas para acabar com as brigas entre gemelares, clicando aqui;
  • Como sair sozinha com gemelares, clicando aqui;
  • Dicas e dieta para ajudar voltar o corpo depois da gravidez, clicando aqui;
  • 30 Perguntas que as mães de gêmeos mais ouvem clicando aqui;
  • 10 Dicas para o papai de gêmeos ajudar no dia a dia clicando aqui.
  • 12 Coisas que nunca me disseram antes de ser mãe clicando aqui;
  • 5 Dicas sobre fim da licença maternidade para mães gemelares, clicando aqui
  • 25 Coisas que toda mãe de gemelares diz, clicando aqui;
  • 10 Dicas para conciliar Maternidade e Faculdade, clicando aqui;
  • 25 Coisas que não sabia antes de ser mãe de gêmeos, clicando aqui;
  • 15 Dicas para bebês gemelares dormirem a noite toda, clicando aqui;
                      
Facebook - Twitter - Instagram - Pinterest - Youtube
(Clique e faça parte das redes sociais do Gemelares.com.br)
Categorias: ,
Comentrios
0 Comentrios

0 comentrios:


Postar um comentário

Obrigada pela visita em breve retribuirei!

Blogroll - Mães Blogueiras

Inscreva-se:  

Decoração

Receitas

Vida de Mãe

 
Pin It button on image hover