Caixa de busca

Últimas matérias

Não sou uma mãe de gêmeos perfeita, sou apenas mãe!

s 13:57

Quando sonhava que um dia seria mãe de gêmeos, não imaginei o quanto minha vida mudaria. A maternidade gemelar trouxe muitas alegrias, diversas renúncias e milhares de realizações. Existiram dias que achei que não daria conta. Confesso que até hoje, em um dia ou outro, sinto a mesma coisa. Bate um desespero, uma vontade de sair correndo e naquele "surto de mãe", me pergunto se sou a única, ou se existem mães que sentem o mesmo que eu.

Não sou uma mãe de gêmeos perfeita, sou apenas mãe!

Ser mãe de gêmeos mudou a ideia, de ser um dia, uma "mãe perfeita". E definitivamente não sou!

1 - Após alguns meses que os gêmeos nasceram percebi que passaria alguns anos me dedicando totalmente a eles, e chorei. Chorei porque nunca imaginei que sentiria um sentimento tão egoísta. Meus pequenos precisavam de mim e estava apenas pensando quem eu seria um dia se continuasse dentro de casa cuidando dos filhos e do marido. "Quase surtei!"

2 - Já deixei as crianças chorando por alguns minutos e não me senti culpada. Foi necessário, já que não sabia mais o que fazer para acudi-los. Então, fui à varanda, olhei para as árvores em meio às lágrimas, observei as folhas caindo e respirei fundo. Após perceber que tudo era somente uma fase, voltei para acalmar meus pequenos. 

3 - Várias vezes quis ir ao salão e não tinha ninguém para ficar com as crianças. Aprendi a escovar meu cabelo em casa, a tentar deixar as sobrancelhas um pouquinho arrumadas, a ter as unhas sem cutículas e pelo menos com uma base. Hoje, até me arrisco a fazer alguns penteados;

4 - Em alguns momentos não tenho a paciência que eles merecem.  As vezes estou exausta, querendo apenas dormir um pouco, e eles estão ali, chamando a minha atenção. Inclusive, em alguns momentos já perdi a paciência por pouco, já gritei, mas logo percebo que estou errada, e bate "aquela culpa de mãe". Quem mãe nunca?

5 - Diversas vezes os coloquei no banheiro enquanto eu tomava banho. Fazia isso quando eles eram bebês e, principalmente, quando meu marido não estava em casa. Não existia outra solução, pois como iria ficar com eles no colo sem tomar um banho? E com certeza era um banho mal tomado, típico de mãe! Entenderam, não é?;

6 - Já falei que iria tomar um banho somente para ter um tempo só pra mim. Depois que eles cresceram aprenderam que a mamãe também merece tomar um banho, então aprenderam a ficarem quietinhos enquanto estou no banheiro. Sendo assim, aproveito para ficar um bom tempo no banheiro curtindo alguns minutos sozinha;

7 - Meus filhos dormiram por 4 anos no meu quarto. Acreditam nisso? Sempre disse que no dia que eu tivesse filhos eles teriam o quartinho deles, mas não foi bem assim que aconteceu quando eles nasceram. Por serem gêmeos, passava a noite em função deles. Por isso, preferi que nos primeiros anos eles dormissem pertinho de mim. E assim, os anos foram passando! Mas hoje eles já estão com 5 anos, e amam dormir no quartinho deles. Até que enfim!;

8 - Não gosto de levar as crianças na pracinha. Esse programa é típico de mãe, não é? Pois é, eu não gosto mesmo! Mas eles adoram! E sabe quem faz esse papel por aqui? A "santa" vovó Ana, minha mãezinha querida;

9 - Já tive vontade de passar um dia sendo apenas a Juliana Doerner. Será que sou louca? Mas é exatamente isso que sinto. Poder ir com as amigas na sorveteria a qualquer hora, sem precisar me organizar dias antes. Durante esse dia, também gostaria de ir ao salão, de ler minhas revistas favoritas e tantas outras coisas que com filhos gêmeos é complicado fazer. Principalmente, nessa sequência, e no mesmo dia;

10 - Muitas vezes perdi a paciência quando ficavam chorando sem parar por qualquer besteira. Será que sou uma mãe ruim? Sei que isso é inadmicível, já que um adulto precisa manter a calma, para também acalmar a criança. Que mãe nunca? Felizmente, sou apenas mãe!

Realmente não sou uma mãe perfeita e estou longe disso!

A verdade é que a maternidade muda totalmente ou radicalmente a vida de uma mulher, uma vez que se já é difícil conciliar as tarefas e obrigações do dia a dia com apenas um bebê, imagine com dois bebês. Sempre achei que seria uma "mãe perfeita", tipo aquela que não erra nunca, que renuncia tudo - mas tudo mesmo! - pelos filhos, que vive para sempre a "vida de mãe", sem reclamar ou até mesmo, sem sonhar em ter de volta a sua vida profissional. Mas hoje quero ser apenas mãe! Aquela que tem defeitos, que chora, que tem vontades e muitos sonhos.


                      
Facebook - Twitter - Instagram - Pinterest - Youtube
(Clique e faça parte das redes sociais do Gemelares.com.br)
Comentrios
8 Comentrios

8 COMENTÁRIOS:

  1. Nossa parece q foi neu depoimento,os meus ainda ten 2 anos, e me pego as vezes chorando e me sentido uma má mãe. ....definitivamente não sou uma melhor mãe e sim mãe. ...bjus

    ResponderExcluir
  2. Que maravilhosa sensação de que não sou tão ruim assim!! Rs parece que fui eu quem escrevi... Se encaixa perfeitamente! Tem dias que estou tão cansada, aliás estou sempre cansada, que só queria não ser eu! sabem...
    Sair sem hora pra voltar, ficar tempo no chuveiro ou escolhendo um esmalte, um sapato... Mas, acho que melhora com o tempo, eles ficam mais independentes!! eu espero!! Rs

    ResponderExcluir
  3. Obrigado por descrever oque estou sentindo, hj compartilhei seu texto em meu face, pois muitas pessoas me questiona como faço e como me sinto. Bjs

    ResponderExcluir
  4. Tenho trigêmeas.... Sensação maravilhosa. Porem trabalho triplicado. Faço minhas suas palavras.

    ResponderExcluir
  5. Nossa!!! Passo por isso alem de ter o choque cultural com a familia do meu esposo e a distância da minha familia, aiii lembro sou só uma mãe de gêmeos, mas realmente temos que nos privar de muitas coisas, as vezes choro pensando sobre a minha carreira profissional, estudos, lazer, o tempo de sair com as amigas, familia... Porque e um pouco estressante ficar em casa e cuidar do marido, casa e filhos. Só mães de múltiplos nos entendem porque outras pessoas que nunca tiveram ou conviveram não vão saber como nos sentimos.

    ResponderExcluir
  6. Nossa.....exatamente isso!!!!! E ainda tem dia que meu desejo é ficar sozinha,sem aquela correria louca!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Só mesmo sendo mãe de gemelares para saber o que passamos.... Também me sinto muito culpada por não ser a mãe que eles merecem ter... Mas tento ser a melhor que eu posso....beijo!

    ResponderExcluir
  8. Meus bebês estão com 2 meses e meio, nasceram prematuros, passaram um bom tempo na UTI. Hoje todos em casa me sinto um caco. Durmo muito pouco, de dia nada. Não tenho babá. Esse semana os meninos pegaram gripe
    ...me sinto culpada mas diante deste depoimento vejo que não sou a única e que tudo passa.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita em breve retribuirei!

Blogroll - Mães Blogueiras

Inscreva-se:  

Decoração

Receitas

Vida de Mãe

 
Pin It button on image hover