Caixa de busca

Últimas matérias

5 Dicas para acabar com as brigas entre Gemelares

s 06:25

5 Dicas para acabar com as brigas entre Gemelares

Hoje vamos tratar de um assunto muito recorrente entre pais que tem mais de um filho. Como somos mães de Gemelares, essa realidade já faz parte de nossas vidas desde o momento do nascimento: as disputas entre irmãos.

Ela começa, mesmo, por volta de um ano de idade e tende a piorar com o passar do tempo se não soubermos lidar de forma tranquila. Entre gêmeos, é comum que um tente dominar um pouco mais o outro e é nosso papel ajudá-los a equilibrar essas diferenças.

Essas disputas podem ser particularmente irritantes quando cada um agarra de um lado do brinquedo e começa a gritaria. A primeira reação da mãe, costuma ser intervir e explicar às crianças que não podem fazer aquilo. Mas, é o melhor para eles?

Primeiramente, é importante lembrar que nossos irmãos são a primeira chance de aprender como conviver com alguém hierarquicamente igual a mim, já que, com os pais, a relação é diferente. Ou seja, as disputas são, na verdade um exercício muito importante para o resto da vida.

Agora vamos a dicas práticas, certo?

  1. Segure-se para não intervir a não ser que seja realmente necessário. Eu considero "realmente necessário" quando um dos irmãos bate no outro, xinga o outro ou quando os dois estão agarrados ao objeto de desejo por mais de uns 30 segundos sem resolver. Antes disso acontecer, deixe que eles tentem achar uma solução sozinhos. Como o passar do tempo vão conseguir. 
  2. Se precisar, intervenha. em todas as situações citadas acima, a melhor forma de intervir é retirar o motivo da discórdia momentaneamente uma vez que as crianças vão ter dificuldade de tirar o foco dele para focar na solução. Depois, explique que bater/empurrar/xingar não é legal. Que ninguémgosta de sofrer essas agressões. Peça para um se colocar no lugar do outro. Por fim, proponha uma solução mediadora. " Quem sabe, cada um brinca uma vez?" e devolva o objeto para que voltem a brincar.
  3. Não vire juiz. Se cada vez que um faz o que o outro não gosta, seus filhos correm para chamar você, pode estar na hora de você passar a responsabilidade para eles. Ninguém aprende a resolver problemas se tem outras pessoas para resolver tudo. Quando vierem gritando, diga que volte lá e fale ao irmão que não gostou da atitude.
  4. Não estranhe se eles "praticarem". Aqui em casa, com dois anos e meio, as gêmeas começaram a praticar essa resolução de problemas. Funcionava assim: uma empurrava de leve a outra. Então a que tinha sido empurrada dizia "não gostei". A outra pedia desculpas e se abraçavam. Depois, invertiam os papéis. É normal e saudável. Estão ensaiando a atitude que consideram correta. 
  5. Seja exemplo. Se você gritar com seus filhos, eles vão gritar entre eles. Se falar calmamente, eles também o farão. Não há discurso mais forte do que o exemplo. Criar filhos é se melhorar todos os dias para garantir que sejam adultos saudáveis e equilibrados.

Renata Bermudez Konzen
Consultora Familiar: www.sosseguinho.com.br - www.facebook.com/sosseguinho

                      
Facebook - Twitter - Instagram - Pinterest - Youtube
(Clique e faça parte das redes sociais do Gemelares.com.br)
Categorias:
Comentrios
2 Comentrios

2 COMENTÁRIOS:

  1. Adorei as dicas.

    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente em tudo escrito.
    Exemplo hoje para o melhor deles amanhã.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita em breve retribuirei!

Blogroll - Mães Blogueiras

Inscreva-se:  

Decoração

Receitas

Vida de Mãe

 
Pin It button on image hover