Caixa de busca

Últimas matérias

Mãe em tempo integral por 4 anos

s 03:26

Mãe em tempo integral por 4 anos

Sim, fui mãe em tempo integral por 4 anos

Os anos mais lindos da minha vida, onde pude conviver com dois pequeninos que mudaram o meu destino, que fizeram de mim, uma pessoa melhor e mais bonita. 

Durante esse maravilhoso período, sorrimos, choramos, afinal, cuidar de gêmeos sozinha não é tão fácil, mas quando Deus escolhe, Ele sabe que você conseguirá, mesmo achando que não! Certa vez estávamos os três doentes, deitados no chão da sala. E sabe por quê? Simplesmente porque a mamãe não tinha mais forças, e os meus bebezinhos para não deixarem a mamãe sozinha ali deitada, chegaram de mansinho e deitaram do meu lado, ficaram comigo até o papai chegar. Tem como não morrer de amor?

Existiram dias que pensei que não daria conta, que seria impossível cuidar dos gêmeos sozinha, mas existia uma força dentro de mim, maior do que tudo que estava sentindo. Aprendi então, a ser mais organizada do que já era, a planejar milimetricamente o que eu iria fazer, para dar tudo certo. Vencendo um dia por vez! Chegamos juntos e felizes aos 4 anos dos gêmeos para vivermos uma nova fase.

Acordamos juntos, tomamos café juntos, mas depois de 4 anos vivendo em tempo integral, não passamos mais as manhãs juntos. A mamãe fica contado os minutos, as horas para correr a escola e buscá-los. Uma ansiedade enorme para ver os meus loirinhos, para sentir o calor do abraço dos dois, para receber os beijos mais verdadeiros. Graças a Deus almoçamos juntos, mas as nossas tardes a partir de segunda-feira não serão mais as mesmas. 

Mamãe vai cursar psicologia, e as nossas tardes serão longas. Sei que os primeiros dias serão difíceis. Como vou conseguir passar cinco dias da semana, praticamente o dia inteiro sem os meus gêmeos? Não sei! Mas sei que vou, porque na vida vivemos de fases, e mais uma vez eu vou conseguir! Mesmo vivendo o sonho da "faculdade", não estou completamente feliz em deixá-los com pessoas que mal conheço, mesmo sabendo que estarão bem. Mas sabe aquele sentimento que estou abandonando eles?! É bem esse! 

Sentimento egoísta, mas verdadeiro!

De uma mãe que respirou o mesmo ar que os filhos por 4 anos em tempo integral. Uma mãe que fez tudo só para ver os filhos saudáveis, felizes e cheios de vida. 

Só tenho pedido a Deus para cuidar dos meus amores, que não deixe que nada aconteça com eles, que seja os meus olhos enquanto eu estiver longe. A partir da semana que vem tudo mudará. Nossos momentos juntos serão poucos, mas intensos! 

Eles estarão estudando pela manhã, enquanto a mamãe estará na faculdade. Meio dia buscarei eles na escola, almoçamos juntos, coloco-os para dormir, vou para faculdade e eles ficarão com a babá. No final da tarde chego em casa e vamos fazer a tarefinha da escola, brincar, jantar e vamos para cama com a mamãe.

A jornada será intensa porque também trabalho em Home Office! 

São tantos questionamentos, tantas inseguranças, um aperto enorme no coração. Mas chegou a hora! Os gêmeos precisam começar a voar, a mamãe precisa correr atrás de um futuro melhor e novamente vamos vencer juntos, essa etapa de adaptação escolar e diária. 

Foram quatro anos em tempo integral! Queria apenas viver mais um mês assim, mas as férias chegarão, e com certeza, vamos vivê-la intensamente!

Abraços,
Juliana Doerner.

Confira também: 
  • A história da autora do Gemelares, clicando aqui;
  • Dicas e dieta para ajudar voltar o corpo depois da gravidez, clicando aqui;
  • 30 Perguntas que as mães de gêmeos mais ouvem clicando aqui;
  • 16 Desafios de ser mãe de gêmeos, trigêmeos quadrigêmeos ou mais clicando aqui;
  • 10 Dicas para o papai de gêmeos ajudar no dia a dia clicando aqui.
  • 12 Coisas que nunca me disseram antes de ser mãe clicando aqui;
  • 5 Dicas sobre fim da licença maternidade para mães gemelares, clicando aqui
  • 25 Coisas que toda mãe de gemelares diz, clicando aqui;
  • Vídeo: Como amamentar gêmeos, clicando aqui;
  • Confissões de uma mãe de gêmeos, clicando aqui;
  • 10 Dicas para conciliar Maternidade e Faculdade, clicando aqui;
  • 25 Coisas que não sabia antes de ser mãe de gêmeos, clicando aqui;
  • Dicas para fazer bebês gemelares dormirem juntos, clicando aqui;
  • 10 Dicas para ser uma mãe feliz, clicando aqui;
  • Confissões de uma grávida de gêmeos, clicando aqui;
  • 15 Dicas para bebês gemelares dormirem a noite toda, clicando aqui;
  • Desabafo de uma mãe depois que os filhos dormem, clicando aqui;
  • Gêmeos na escola: 9 Dicas para adaptação escolar, clicando aqui;

               
Facebook - Twitter - Instagram - Pinterest - Youtube
(Clique e faça parte das redes sociais do Gemelares.com.br)
Categorias:
Comentrios
2 Comentrios

2 COMENTÁRIOS:

  1. Parabéns! Vc vai conseguir sim! Seus nos dá a força que precisamos e o.
    auxílio! Que Deus continue te iluminando! Bjo

    ResponderExcluir
  2. Assim como eu você, apesar dos receios, conseguirá se sair bem...
    Falo por experiência própria, faço faculdade de Farmácia e tenho que viajar quase 100km todos os dias para chegar até a faculdade...Tive minhas gêmeas três semanas depois que parei de estudar, nasceram de oito meses, e voltei quando estavam com um mês para fazer as provas....E quem ficava a noite com elas em casa éra o pai, já deixava de banho dado e as mamadeiras prontas para facilitar...
    Após as provas veio as férias e voltei em agosto estudar, nisso elas estavam com três meses, além de estudar a noite tinha que fazer estágio durante um dia da semana....nesse dia tinha que ir por volta das onze da manhã, voltar quatro horas para amamentar e retornar as seis horas para a faculdade......Sem falar nos trabalhos que só conseguia fazer de madrugada depois que elas dormiam, tinha dia que ficava ate as quatro e meia da manhã fazendo os trabalhos, pois durante o dia eu cuidava das duas e do menino de 5 anos sozinha...
    Essa correria foi até elas completarem nove meses e eu voltar a trabalhar como professora, coloquei na creche...dava aulas de manhã, chegava pegava elas a tarde e a noite ia para a faculdade...
    Fiquei três meses no serviço e pedi para sair, nem tanto por causa das meninas mas pela faculdade...estou no ultimo termo, tenho que fazer tcc, estágios e preciso de um pouco de calma para poder estudar....
    Vejo que com isso tudo nós mães sofremos mais que eles....Seus filhos já estão grandinhos e vão compreender que o tempo que ficará longe deles é necessário para você e para a familia.
    Boa sorte nessa nova caminhada...

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita em breve retribuirei!

Blogroll - Mães Blogueiras

Inscreva-se:  

Decoração

Receitas

Vida de Mãe

 
Pin It button on image hover