Caixa de busca

Últimas matérias

Mãe de gêmeos, Gislaine Oliveira conta sua história

s 11:44

"Ensinei ele cantar esse refrão, fizemos uma oração juntos, ele com 3 aninhos e quando eu perguntei se ele acreditava que papai do céu tinha sarado ele, me respondeu que sim. Desde então ele nunca mais usou nenhum tipo de bombinha. Meu filho foi curado pelo meu Deus que nunca nos abandonou."

Mãe de gêmeos, Gislaine Oliveira conta sua história

Aos 21 anos, depois de quase 3 anos de casada, fui surpreendida com a notícia da minha gravidez, fiquei muito assustada, eu me achava muito nova, era insegura e tinha medo da maternidade. Achava que não teria jeito para lidar com bebê, tanto que somente fiz um teste de farmácia depois que uma amiga de trabalho insistiu muito.

Mãe de gêmeos, Gislaine Oliveira conta sua história

Procurei uma ginecologista para dar início ao pré-natal e, duas semanas depois da descoberta, lá estava meu marido e eu na sala de espera para o primeiro ultrassom, iria fazer o exame de translucência nucal. Estava muito nervosa com esse exame, até porque a médica já havia me explicado a importância e do "tal exame". A sala de espera estava com todos os horários atrasados, foi aí que meu marido saiu para renovar o estacionamento e me chamaram para o exame. Acabei entrando sozinha, então o médico começou a conversar comigo, já realizando o procedimento e disse: " Eu deveria-te dar os parabéns pela gravidez!". Eu disse: "Muito obrigada!". E logo o Dr. disse: "Mas não sei como dar um duplo parabéns, você está grávida de gêmeos!". 

Mãe de gêmeos, Gislaine Oliveira conta sua história

Comecei a chorar e não parei mais. Em seguida voltei a sala de espera, avistei meu esposo sentado, a minha espera e chorei mais ainda, não conseguia falar nada. As pessoas me olhando, e ele me acalmando e dizendo: "Tudo bem amor, vai ficar tudo bem, se Deus nos deu um filho assim nós vamos amar, cuidar e dar o melhor a ele". Foi aí que puxei o fôlego e consegui dizer: "São gêmeos!". Ele ficou mudo e pálido, e em seguida disse: "Então ele não tem síndrome? São gêmeos?". Acho que a ficha dele só foi cair depois de uma semana. A família vibrou, eles seriam os primeiros netos dos meus pais. E os preparativos começaram para a chegada dos bebês.

Mãe de gêmeos, Gislaine Oliveira conta sua história

A gravidez foi tranquila, tirando os enjoos que tive até o dia do parto, mas tudo ocorreu bem. Tinha que segurar o máximo que pudesse, assim meus menininhos ganhariam mais peso. Consegui chegar até as 35 semanas, e no dia 17 de julho de 2008, meus anjinhos nasceram através do parto cesariana. Victor Gabriel com 42 cm e 2.100kg e Vinicius Rafael nasceu com 43 cm e 2.500kg. Já no primeiro momento com os gêmeos, surgiu o primeiro susto. O Vinicius estava com duas voltas do cordão umbilical no pescoço, devido a isso nasceu bem roxinho, mas graças a Deus foi só um susto. Ele ficou em observação para controle da respiração e como os dois estavam bem, foram direto para o quarto comigo.

Mãe de gêmeos, Gislaine Oliveira conta sua história

Chegando em casa, fiquei apavorada, tive muita ajuda da minha mãe e minha sogra, sem contar que meu marido foi meu braço direito. Se não fosse ele, não sei o que teria sido de nós, ele ajudou em todos os momentos, mas mãe é mãe, cuidar de dois bebês no início até pegar a prática, não foi nada fácil. O Vinicius mamava pouco, me deixando preocupada, mas todos me acalmavam dizendo que era normal, até que no sétimo dia de vida no momento em que eu estava o trocando, ele teve uma parada respiratória, minha mãe sacudiu ele e soprou no seu rosto, até ele voltar. No susto corremos para o hospital, o médico atendeu imediatamente, enquanto estávamos explicando e o médico examinando, ele começou a ter convulsões. Como ele mamava pouco, teve hipoglicemia. O  atendimento, o internamento e a medicação dada a ele, foi muito rápido, depois de tudo sob controle o médico disse que se nós tivéssemos demorado 15 minutos a mais, teríamos perdido ele. E mais uma vez Deus salvou meu pequeno, sem nenhuma sequela. A recuperação foi rápida e depois de 7 dias ele já estava voltando para casa, para perto de nós, ocupando o seu lado do carrinho e seu bercinho vazio. Fomos para casa novamente com muita alegria e um alívio inexplicável.

Mãe de gêmeos, Gislaine Oliveira conta sua história

Depois do ocorrido, sempre ficamos muito atentos em relação à saúde deles, mas na mesma semana em que eles completaram 1 ano, um susto nos levou novamente ao hospital. Quando acordei e reparei que o Victor respirava com dificuldade, logo levei para o hospital e o diagnóstico: Bronquite asmática! Quem já teve filho internado, sabe como dói na gente, a asma dele estava em estado avançado, sendo assim teve que ficar por vários dias na UTI, foram dias para que ele saísse da crise e voltasse a respirar normalmente. Depois de 3 internações praticamente seguidas, conseguimos com a ajuda de uma pneumologista um tratamento adequado que o deixava mais estabilizado, porém sempre estávamos correndo para o hospital, pois a bombinha em casa nem sempre era o suficiente. 

Em uma dessas corridas para a emergência, depois de medicado e passando bem, na volta para casa, coloquei uma canção da cantora Mariana Valadão que dizia assim: "Já sofri demais eu sei, mas ouvi que existe um alguém que me ama, se eu apenas tocar eu serei curado, se eu apenas te tocar eu serei sarado...". Ensinei ele cantar esse refrão, fizemos uma oração juntos, ele com 3 aninhos e quando eu perguntei se ele acreditava que papai do céu tinha sarado ele, ele me respondeu que sim. Desde então ele nunca mais usou nenhum tipo de bombinha. Ele foi curado pelo meu Deus que nunca nos abandonou.

Mãe de gêmeos, Gislaine Oliveira conta sua história

Agradeço a Deus todos os dias pela vida dos meus filhos, pela saúde deles. Eles são tudo para mim e eu faço tudo por eles. Hoje me sinto a mulher mais abençoada deste mundo em ter minha linda família. Sou escolhida por Deus para cuidar destes dois garotinhos, e não poderia ter me acontecido algo melhor do que isso. 

Filhos, amo muito vocês! São presentes de Deus para mim. Amar, cuidar, ensinar, proteger vocês é a minha missão aqui nessa terra.

Gislaine, seja sempre bem-vinda ao Gemelares.com.br!

Sou autora do Gemelares.com.br e também sou evangélica. Os meus gêmeos são frutos dos sonhos de Deus! Aqui conto um pouco da minha história: "Feliz é aquele que sonha e alcança com direção de Deus os seus objetivos, pois sonho sem ação é sonho morto.... Depois de meses descobri que o sonho de ser mãe estava ameaçado, mas sempre confiei em um Deus que tudo pode e que tudo vê..." Confira também essa linda história, clicando aqui!

Matéria do dia:
  • Você é mãe? Foi Deus que te escolheu! Confira clicando aqui!
Gostou? Curta:
Facebook - Twitter - Instagram - Pinterest - Youtube
(Clique e faça parte das redes sociais do Gemelares.com.br)
Comentrios
2 Comentrios

2 COMENTÁRIOS:

  1. amiga parabéns pelos seus filhos,como tantas mães eu também me vir com a sua história sabe amiga meu filho pedro tem hoje 6 aninhos ja passei muitas noites na emergência com ele so que todas as vezes que chegava-mos la o médico dizia ele esta tendo uma crise asmática eu chorava muito e profetizava meu filho não tem asma,graças a Deus meu filho foi curado pelo meu Deus , hoje e uma benção nas mãos do senhor. Amiga estou feliz ´por participar deste comentário DEUS TE ABENÇOE.

    ResponderExcluir
  2. Linda história! Deus continue abençoando!
    Sou evangélica tbém e estou grávida de gêmeos (casal). Estou de 35 semanas e meus bebês estão p/ nascer até dia 23 deste mês. =D

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita em breve retribuirei!

Blogroll - Mães Blogueiras

Inscreva-se:  

Decoração

Receitas

Vida de Mãe

 
Pin It button on image hover