Caixa de busca

Últimas matérias

A mãe dos gêmeos Vivienne e Knox, Angelina Jolie, retira seios para evitar câncer de mama!

s 14:20


A mamãe de gemelares Angelina Jolie, de 37 anos, declarou nesta terça-feira que foi submetida a uma dupla mastectomia preventiva (cirurgia de retirada dos seios), após a descoberta de  um "defeito" no gene chamado BRCA1. Os médicos disseram que ela tinha 87% de chances de contrair um câncer de mama, e 50% de ter um câncer no ovário.

Jolie explica que tomou a decisão para evitar ter o mesmo problema que sua mãe: "Minha mãe lutou contra o câncer por quase uma década e morreu aos 56. Ela viveu o suficiente para conhecer seus primeiros netos e segurá-los nos braços. Mas minhas outras crianças nunca terão a chance de conhecê-la e sentir quão amável e graciosa ela era. Quando soube que essa era a minha realidade, decidi ser pró-ativa e minimizar o risco o quanto podia. Tomei a decisão de ter uma dupla mastectomia preventiva. Comecei com os seios, já que meu risco de câncer de mama é mais alto que meu risco de câncer no ovário, e a cirurgia é mais complexa", declarou a atriz.

Angelina conta que duas semanas após o começo do processo, fez a principal cirurgia, na qual se extrai o tecido mamário. "A operação pode levar 8 horas. Você acorda com tubos e expansores nos seus seios. Parece uma cena de um filme de ficção cientifíca. Mas dias depois da cirurgia você pode voltar à sua vida normal", afirma. Nove semanas depois foi feita a operação para a reconstrução das mamas com implantes.

O processo de retirada das mamas inciou-se em fevereiro e foi finalizado apenas em abril. A técnica usada foi o "nipple delay", um tipo de cirurgia plástica. Através da mesma a mastectomia não danifica esteticamente o mamilo. A atriz conseguiu manter tudo de forma privada e continuar com seu trabalho. Ela diz que, agora que o tratamento terminou, resolveu vir a público para conscientizar outras mulheres que possam "estar vivendo à sombra do câncer".

Seu companheiro, o também ator Brad Pitt, ficou ao lado de Jolie durante os três meses de tratamento. "Conseguimos encontrar momentos para rir juntos. Sabíamos que era o melhor que podíamos fazer para nossa família e que nos uniria ainda mais.


Minhas chances de desenvolver câncer de mama caíram de 87% para 5%. Posso dizer a meus filhos que eles não precisam ter medo de me perder para o câncer mama

Se escrevo agora sobre isto é porque espero que outras mulheres poderão beneficiar-se de minha experiência. Decidi não manter minha história em segredo porque há muitas mulheres que não que poderiam estar vivendo sob a sombra de um câncer. Tenho a esperança que elas, também, sejam capazes de realizar exames genéticos  e que, se tiverem um alto risco, saibam que há opções", declarou.  (Fonte: Globo.com)

          
Facebook - Twitter - Instagram - Pinterest - Youtube
(Clique e faça parte das redes sociais do Gemelares.com.br)

Beijos da Jú!
Autora do Gemelares.com.br
Categorias:
Comentrios
0 Comentrios

0 comentrios:


Postar um comentário

Obrigada pela visita em breve retribuirei!

Blogroll - Mães Blogueiras

Inscreva-se:  

Decoração

Receitas

Vida de Mãe

 
Pin It button on image hover