Caixa de busca

Últimas matérias

Os conflitos de personalidade vividos por gêmeos idênticos

s 16:09

Recentemente, uma pesquisa de uma psicóloga brasileira demonstrou que pessoas que possuem irmãos gêmeos idênticos possuem uma excelente capacidade de relacionar-se com outras pessoas mas, possuem conflitos de identidade e vivem o drama de tentar ser diferente do irmão.

Na verdade, o conflito que ronda a cabeça de crianças que possuem irmãos idênticos é muito diferente do conflito vivido por crianças que não são gêmeas. Você já parou para pensar em como é ter alguém idêntico a você? Ou como se sente alguém que tem uma réplica sua ao seu lado, todos os dias? Se essas perguntas parecem conflitantes para nós, imagine como ficam os pequenos gêmeos que convivem com elas frequentemente?

Quando pequenos, os gêmeos idênticos possuem dificuldade em sentir-se amados pelos pais, isso porque raramente passam um tempo sozinho com a mão ou com o pai, pois na maioria das vezes, estão junto com o irmão gêmeo o tempo todo, o que faz com que se sintam parte de uma dupla e não uma criança única e especial.

Essas questões, entretanto, não devem deixar os pais angustiados ou com sentimento de culpa, pois sempre há alternativas para minimizar esses conflitos vividos pelos pequenos. Se você é mãe, ou pai, de gêmeos idênticos, seguem algumas dicas para que você ajude seus filhos gêmeos a sentirem-se como únicos e especiais, independente de existir alguém igual a ele.

  1. Evite fazer comentários comparativos sobre irmãos idênticos. Esse tipo de comentário favorece a rivalidade e a sensação de ter a "obrigação" de ser igual ao irmão. Quando o comentário vier de pessoas na frente deles repita sempre que, apesar da aparência, os irmãos possuem personalidades diferentes e isso é muito importante;
  2. Procure ter momentos diferentes com cada um dos filhos. É claro que isso é muito difícil devido a correia do dia-a-dia, entretanto, sempre que possível faça uma espécie de "rodízio" com o pai ou outros membros da família, de modo que, um dia você deixa um em casa com o pai e sai com o outro, e vice-versa. Escolha lugares diferentes para visitar com cada um;
  3. Não trate-os como iguais. É muito bonitinho ver crianças gêmeas com roupas iguais na rua, todavia, nem sempre isso é saudável para eles. Sempre que possível coloque roupas diferentes nas crianças, e em alguns casos, permita que eles escolham o que querem vestir para dormir, sair ou ficar em casa. Isso facilita o processo de diferenciação;
  4. Coloque-os em salas de aula diferentes quando estiverem na escola. Na realidade, a escola é um dos primeiros ambientes de socialização da criança fora do núcleo familiar e é através dela que os pequenos viverão suas primeiras experiências e frustrações em relação a estar em grupo. A presença de alguém da mesma família e, principalmente, com a mesma aparência, pode prejudicar o desenvolvimento de uma identidade própria e particular.
  5. Sempre que possível, procure mostrar aos gêmeos o quanto as pessoas, inclusive eles são diferentes entre si. Mostre aos gemelares sinais e traços físicos que os diferenciam. Permita que eles entendam que, apesar das semelhanças físicas, são crianças com personalidades diferentes e que você ama cada um de uma forma especial.
A experiência de ter filhos gêmeos pode realmente ser maravilhosa e linda, entretanto, cuide para que essa experiência não seja prazerosa apenas para você. Ajudar filhos idênticos a perceberem sua própria personalidade como sendo diferente da personalidade do irmão é também uma tarefa a mais na hora de educar seus gemelares!

Postado por: Tahiana Andrade S. Borges
E-mail: taiborges.psicologa@hotmail.com
Psicóloga clínica e Especialista em Gestão de Pessoas - CRP03/IP7420


Comentrios
0 Comentrios

0 comentrios:


Postar um comentário

Obrigada pela visita em breve retribuirei!

Blogroll - Mães Blogueiras

Inscreva-se:  

Decoração

Receitas

Vida de Mãe

 
Pin It button on image hover