Caixa de busca

Últimas matérias

Família Gemelares da Semana - Por Tatiana Alvarenga

s 08:00

"Quando ouvi aqueles dois chorinhos lindos, senti verdadeiramente o AMOR MAIOR, o amor sem limites, o amor puro, sincero, o amor inigualável e avassalador, é indescritível, é mágico ..."


A minha gravidez foi a realização de um sonho de infância, porque desde pequena, pedia a Deus para que quando ele me desse filhos, que fossem gêmeos e de preferencia gêmeas e ELE me concedeu esta dádiva num momento muito tenso de minha vida, por isso eu creio que elas sejam realmente o milagre da vida.

Eu já estava casada há 8 anos e ainda adiava a maternidade por priorizar outras coisas, como carreira, viagens, queria curtir mais o meu casamento, enfim, ainda não me sentia preparada para ser mãe.

O meu pai sempre me cobrava netinhos e sempre respondia para ele que um dia os netos viriam, mas a vontade de ter filhos veio com tudo em 2011 e aquele famoso extinto materno me pegou com força total e decidimos que havia chegado a hora.

Em outubro de 2011 fomos para Buenos Aires para comemorar o meu aniversário e a viagem foi maravilhosa e provavelmente engravidei lá, mas no outro dia que chegamos de viagem, o meu pai que é caminhoneiro teve o seu caminhão roubado e os bandidos o sequestraram, nossa o meu mundo desmoronou, nunca passei um susto tão grande, nunca sofri tanto, eu, minha mãe e meu irmão ficamos desesperados, a família toda ficou desesperada e com certeza foi a pior experiência pela qual já passamos, enfim, quase morri sem notícias do meu pai, que é o meu amor e em nenhum momento eu me lembrei que poderia estar grávida, então fiquei sem comer, sem beber e tomei muitos remédios para dor e eu já estava grávida, porém não sabia, mas Deus protegeu as minhas meninas.

Graças a Deus o meu pai foi libertado e voltou para casa, nossa que alívio, como nós tivemos medo de perdê-lo, como eu me culpei por não ter realizado o seu sonho de ter netos e eu só pensava nisso quando ele estava desaparecido, mas como sempre na minha vida, DEUS estava presente e mais uma vez ELE nos presenteou não com um bebê, mas dois e eu pude dar ao meu pai as netinhas pela qual ele tanto sonhava.


O meu sogro era outro que me cobrava netinhos e ele também sofreu um acidente no início deste mesmo ano e por milagre se recuperou e pôde também ver as suas netinhas tão esperadas e eu agradeço a Deus todos os dias por Ele ser tão bom e misericordioso comigo e minha família.


Então no dia 11/11/11 eu descobri a gravidez, dia mágico, que felicidade, porém com 7 semanas de gestação eu tive um sangramento por descolamento de placenta e fiquei internada por uma semana tomando um milhão de remédios para poder segurar a gravidez e foi aí que descobrimos que eram dois bebês, nossa nem acreditamos, foi a maior emoção do mundo, o meu maior sonho se concretizando, meu marido era a felicidade em pessoa, como nós  amamos esta notícia, ficamos super emocionados e agradecidos a Deus por estes presente lindos, já tão amados.


Em nenhum momento ficamos assustados, ou algo do tipo, pelo contrário, amamos desde o inicio a ideia de sermos pais de gêmeos, acho que já nasci sabendo que seria mãe de dois bebês de uma vez só, sei lá sempre tive essa certeza, sempre me senti preparada para isso e depois do susto pelo qual eu e minha família passamos esses bebês foram muito esperados, muito desejados e eram os presentes que Deus estava nos enviando para acalentar os nossos corações, as minhas meninas são um milagre, são a nossa alegria, a nossa felicidade, elas são a minha vida.


Abandonei tudo, trabalho, vida social, enfim, a minha gravidez foi prioridade na minha vida, me dediquei por completo e passei a gravidez quase que inteira de repouso absoluto, tive muitos enjoos, não podia fazer praticamente nada, fiquei quietinha em casa cuidando de mim e delas, mas tudo valeu muito a pena, faria tudo novamente e no dia 12 janeiro 2012 descobri que o meu mundo era totalmente COR DE ROSA, aí foi demais, a minha Sofia e a minha Melissa estavam a caminho e eu sempre sonhei com as minhas meninas e eu sabia que seria mãe de menina, a minha amada mãezinha sempre me falou isso, ela sempre soube, e mesmo antes de eu descobrir o sexo das bebês ela me falava que eram meninas  e eu falava para ela parar com aquilo, porque já pensou se fossem meninos? Kkk, mas mãe é mãe mesmo e ela acertou em cheio, antes mesmo de eu engravidar ela já sabia que seria vovó de meninas, acho isso lindo, como pode um amor de mãe ser tão profundo, tão forte ao ponto de saber coisas futuras dos filhos? Só uma mãe mesmo tem esse poder divino e se minha mãe fala algo eu acredito, ela sempre acerta.


O dia 25/06/2012, eu estava com 36 semanas e meia de gravidez e foi o dia mais lindo e inesquecível da minha vida, o dia que as minhas princesas nasceram e então pude vê-las, tocá-las, sentir o cheirinho delas, nossa que emoção, que alegria, nasceram lindas, cheias de saúde, a Melissa nasceu primeiro ás 22:00h com 2.240 gr, 45 cm, a Sofia nasceu as 22:02h, com 2.140gr e 45 cm e quando ouvi aqueles dois chorinhos lindos, senti verdadeiramente o AMOR MAIOR, o amor sem limites, o amor puro, sincero, o amor inigualável e avassalador, é indescritível, é mágico e graças a Deus elas foram direto comigo para o quarto e nem passaram perto de UTINEONATAL.


Hoje elas já estão com 4 meses e são as coisinhas mais lindas deste mundo, são bênçãos em nossas vidas, presentes de Deus e é assim que as trato como grandes bênçãos e AMO cuidar delas, muitos nem acreditam quando eu falo, mas eu realmente não me canso  e não acho que elas deem muito trabalho, elas são o máximo, super calminhas, boazinhas, são uns docinhos e eu faço tudo com muito amor e dedicação e cada olhar, cada sorriso, cada gesto que recebo delas é a confirmação de que estou fazendo o certo e isso para mim é a glória.

Me sinto a mulher mais abençoada deste mundo, mais sortuda e feliz em ter a minha linda família, me sinto realmente escolhida por Deus para cuidar destas duas lindas menininhas e isso é a melhor coisa que poderia ter me acontecido, pois sempre fui uma pessoa feliz e realizada, mas hoje eu me sinto imbatível, hoje eu sou a mamãe das gêmeas  Sofia e  Melissa e isso para mim é o mais importante, sou completamente apaixonadas por elas, completamente apaixonada pela minha linda família,  elas hoje são os meus amores, elas são a minha vida.


Minhas princesas lindas a mamãe e o papai amam muito vocês, muito mesmo, vocês são os nossos presentes de Deus, hoje estamos completos graças a vocês e eu prometo dar o meu melhor para vocês, tentarei ser a melhor mãe do mundo porque ter vocês para mim é ter tudo.


Tatiana, seja sempre bem vinda ao Portal Gemelares!


Gostou do 33º relato da Família Gemelares da Semana? 
Conheça quais foram as famílias que já passaram 
por essa coluna, clicando aqui ! 

Você quer ver a sua família no Gemelares, 
clique aqui e saiba como!



Gostou? Dê um CURTIR!
Comentrios
0 Comentrios

0 comentrios:


Postar um comentário

Obrigada pela visita em breve retribuirei!

Blogroll - Mães Blogueiras

Inscreva-se:  

Decoração

Receitas

Vida de Mãe

 
Pin It button on image hover