Caixa de busca

Últimas matérias

Bebês e Livros: Aprendendo a manipular

s 12:22

Convidada especial: Mamãe de Gemelares Caroline Carvalho, autora do blog Varal dos Passarinhos

"Assim que publiquei este mesmo post no meu blog a Juliana, do Gemelares, me fez o convite de publicar o material aqui no seu site, que sigo, leio e recomendo, nem preciso explicar o tamanho da felicidade que fiquei.

Sou Caroline Carvalho, atriz, contadora de histórias e professora na graduação, mas antes disso sou mãe, de dois meninos gêmeos, Bernardo e Benjamin, que estão hoje com 1 ano e 7 meses e que transformaram nossa casa em um parque de diversões incluindo neste parque os muitos livros que tenho, pois trabalho com literatura infantil.

Logo minha missão será a de falar  sobre bebês e livros, como manipular, como estimular, como oferecer aos bebês livros, de papel e outros.

Este post nasce de uma inquietação que diversas mães participantes do Montessori para Mamães encontram, como oferecer o livro para o bebê que come, rasga, morde e acaba com a vida do pobre do livro. Como trabalho com literatura infantil e pesquiso o livro na primeira infância decidi contribuir um pouco com o que venho estudando e descobrindo.

Acreditem, é possível, meus meninos passaram a folhear os livros sem rasgar e comer com menos de 1 ano, ou seja, é possível. Nas pesquisas que fiz para o Mestrado, aonde falei sobre a literatura infantil e os bebês já havia percebido esta possibilidade, mas não era algo do meu dia a dia, agora com os passarinhos pude ver in loco que funciona.

Passarinhos pequeninos, livros pequeninos

Começa que aqui em casa temos muitos, mas MUITOS livros, por toda parte, trabalho com livros, portanto recebo livros de editoras e mesmo compro, pois adoro novidades quando o assunto são livros de qualidade. Logo que os passarinhos começaram a circular livre pela casa vieram os primeiros livros mastigados, então parei tudo e coloquei em prática o que estudei.

Primeiro ponto: o livro deve estar na vida do bebê desde que ele está na barriga. Sim, parece loucura mas o bebê pode ouvir o som da voz da mãe e este primeiro contato é muito importante para que o bebê se sinta acolhido e o laço entre mãe e filho fortalecido. Já contei aqui como é a relação dos passarinhos com o livro que eu costumava ler para eles na barriga.

Segundo ponto: o livro deve estar na vida do bebê como MAIS UM brinquedo. Logo o espaço do bebê deve contemplar livros que estejam ao alcance de suas mãos, da mesma forma que o carrinho, a boneca...

Terceiro ponto: o bebê deve ouvir histórias todos os dias para que aguce na criança o desejo por ouvir histórias e futuramente o gosto pela leitura. Começar de bebê e pensar no futuro =D

Dai vem a pergunta, até ai está tudo ok, mas e quando o assunto é comer livros, como faz?

Sim, sim, sim, normal, todo bebê terá como primeiro impulso comer os livros, levar a boca, simplesmente porque o bebê descobre o mundo pela boca, tocando com a boca, conhecendo. Não é possível imaginar que o bebê irá descobrir o objeto livro de outra forma, e nem pretende-se. No entanto é possível fazer algumas adaptações iniciais e utilizar outros materiais para que o bebê APRENDA que o livro serve para LER e não COMER.

Inicialmente os livros adequados para que o bebê manipule são os produzidos de tecido, plástico e papel acartonado (aquele que tem as folhas bem grossas). No entanto é importante mesmo neste momento que o bebê perceba a existência do livro de papel e que em determinados momentos ele possa conhecer e manipular estes livros nas mãos para ir conhecendo e descobrindo.

Logo em seguida faz-se necessário a adaptação, que consiste em sentar com o bebê diversas vezes e sempre com o foco em ensinar a criança a folhear, iniciando com revistas e gibis, deixando o bebê livre para rasgar e explorar sensorialmente o papel, este momento acredito ser um dos mais importantes, pois como o bebê sente CURIOSIDADE é necessário que ele possa sanar esta curiosidade para seguir em frente.

Após algumas experiências livres do bebê com revistas e gibis vem a parte educacional mais cansativa, em diversos momentos e eu diria DIARIAMENTE deve-se sentar com o bebê e explicar que aquele objeto é um livro e que ele não é para ser estragado, rasgado, mordido. E ai neste momento é necessário praticar o desapego, selecionar 2 ou 3 livros que serão sacrificados em prol de outros muitos que ficarão inteiros e vivos. SIM, SIM, SIM, é necessário deixar a partir de então alguns livros, de papel, ao acesso do bebê e sempre que perceber que ele está com o livro na mão se aproximar e aproveitar o momento para ensinar o que fazer com o livro.

É demorado e é um pouco cansativo, MAS FUNCIONA, volto a dizer, meus passarinhos começaram a manipular os livros sem rasgar ou morder antes de completarem 1 ano. Aqui foram 4 livros que já não tem mais as imagens completas e estão bastante danificados, mas ao mesmo tempo outros muitos estão inteiros e convivem, muito bem obrigada, circulando nas mãos dos passarinhos e pelo quarto... livres, leves e soltos.
Dois dos livros (bem usados) dos passarinhos...

Vale ressaltar que os livros que foram danificados DEVEM continuar juntamente dos demais, pelo menos até esta fase passar, e especialmente porque o bebê deve perceber que o livro já não está mais completo porque foi mordido, rasgado, por ele. Aqui o que acontece com certa frequência é eles solicitarem que eu faça a leitura de um livro e quando está faltando alguma imagem eles apontam e fazem ah, ah, como quem pergunta aonde está o urso, a abelha, ou seja, percebo que eles sabem como era o livro e que ele foi danificado. 

Disso tudo tenho uma certeza, o bebê que é estimulado DIARIAMENTE em contato com os livros tem sim uma possibilidade de em 2 ou 3 semanas compreender de que forma manipular e folhear o livro, e logo que ele aprende começa a melhor parte, a descoberta de um mundo de possibilidades, todas que cabem nas páginas dos livros, da imaginação a sensibilidade.
Bem, espero ter contribuído, dúvidas sempre ficam, eu tenho e todos teremos, o negócio é colocar na prática e se surgir novas descobertas aproveitar.


Categorias:
Comentrios
1 Comentrios

1 comentrio:

  1. Que legal Carol!

    Esse texto ficou maravilhoso e as dicas são preciosas!

    Bj!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita em breve retribuirei!

Blogroll - Mães Blogueiras

Inscreva-se:  

Decoração

Receitas

Vida de Mãe

 
Pin It button on image hover