Caixa de busca

Últimas matérias

Família Gemelares da Semana - Por Cibele Rodrigues

s 10:06

""Você crê? A partir de amanhã você não irá sangrar!"
 Respondi que SIM. A força dessa oração e com a benção de Deus,
 o sangramento parou.."


Estamos casados a 6 anos e juntos a 9 anos, ficamos tentando engravidar por 5 anos, como não conseguíamos, fiz um tratamento de fertilização, fiz muitas orações, para  que desse tudo certo na primeira vez. Fomos abençoados com a fertilização dos 2 óvulos, graças a Deus conseguimos na primeira tentativa. Felicidade em dobro da família inteira.


No 3º mês de gestação a placenta da Maria Eduarda estava baixa, então começaram os sangramentos, fincamos assustados. Foi a primeira internação, saiam coágulos enormes e tinha uma médica do plantão que ficava falando em interromper a minha gestação. Tristeza, muito choro, interromper jamais, mesmo que custasse minha vida. 


Fiquei internada por quase 55 dias, sem poder me movimentar, tomando banho de leito, muito ruim, mas tive total assistência do meu esposo, que dormiu todas as noites comigo no hospital, minha irma e meus pais, foram maravilhosos, todos os dias comigo no hospital.


Em um, dia minha mãe levou uma irma da Igreja Evangélica para fazer uma oração comigo, fizemos a oração, eu chorava muito, ela me disse: "Você crê? A partir de amanhã você não irá sangrar!" Respondi que SIM. A força dessa oração e com a benção de Deus, o sangramento parou e essa mulher ainda me disse que eu teria as meninas de parto normal, e fiquei na duvida.


Eu ficava entre o quarto da maternidade e o pronto atendimento de obstetrícia do hospital, foram dias horríveis. Tomei uma bolsa de sangue, pois perdi muito sangue, mas os médicos coordenadores do hospital e minha obstetra foram sensacionais, me deram muita força.

Ao 5º mês de gestação tive alta, mas continuei em repouso em casa, o sangramento parou, achávamos que tudo tinha se acertado, imagina! Então, a pressão ficou alta, mas um desafio, íamos todos os dias na farmácia auferir a pressão, sendo que minha é enfermeira e não conseguia ver em casa, enfim, fui internada com 6 meses, e dessa vez fiquei até nascimento delas, e com 34 semanas comecei a ter dilatação.


Dia 26 de junho de 2011 nasceram de parto normal as marias (como profetizado pela irma da Igreja Irma Maria), emoção total, eu e meu esposo na sala de parto, fiz uma força e Maria Eduarda, apressada nasceu com 2,2210kg (teve desconforto respiratório, ficou na Neo apenas uma noite) e depois de 25 minutos nasceu a Maria Rita com 2.770kg, sem problema nenhum de saúde, e foi logo para o quarto comigo.

Felicidade em dobro com a Graça do Senhor!

Cibele, seja sempre bem vinda ao Portal Gemelares!



Gostou do 25º relato da Família Gemelares da Semana? 
Conheça quais foram as famílias que já passaram 
por essa coluna, clicando aqui ! 

Você quer ver a sua família no Gemelares, 
clique aqui e saiba como!


Gostou? Compartilhe!
Comentrios
1 Comentrios

1 comentrio:

  1. nossa cibele suas filhas sao por DEUS mesmo!!!!!!!!!!!vc tb foi uma abençoada!!!!!!!!!!!!DEUS ABENÇOE SUA FAMILIA!!!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita em breve retribuirei!

Blogroll - Mães Blogueiras

Inscreva-se:  

Decoração

Receitas

Vida de Mãe

 
Pin It button on image hover