Caixa de busca

Últimas matérias

A Audição do seu Filho!

s 23:19

Mais uma super novidade chegando ao Portal Gemelares!!! A coluna Fala Drª e quem estréia é a mamãe de Gemelares Hálida Vale é a mais nova colunista do Portal! Ela tem duas bonecas lindas, a Lívia e a Júlia, que já estão com 1 ano e 6 meses, a mamãe Hálida relata que elas são duas sapecas que as ama demais. Inclusive ela já foi capa aqui no Gemelares, na coluna Mamãe Responde (veja aqui a matéria na íntegra), ela será uma das especialistas que estão entrando no Portal, ela trará assuntos na sua área de formação, ela é formada em Fonoaudiologia pela PUC Minas e pós graduada em Gestão em Fonoaudiologia pela FEAD.


Abrindo a primeira matéria falando sobre tudo que você precisa saber sobre audição do seu filho:


Audição - O bebê já é capaz de ouvir bem desde o nascimento, e audição só estará totalmente madura ao final do primeiro mês de vida. Mas vai demorar um pouco mais para que ele realmente entenda tudo que está ouvindo. Conforme cresce, ele vai usar o ouvido para absorver uma quantidade enorme de informação sobre o mundo que o cerca. Desde que o bebê nasce, presta atenção as vozes, principalmente as mais agudas, e responde a sons conhecidos.

Desenvolvimento da Audição - O bebê começa a ouvir ainda dentro da barriga da mãe, na 20ª semana de gestação já ocorrem mudanças no batimento cardíaco do feto por causa dos ruídos externos e a cóclea já possui função adulta.

O que se espera do bebê quanto à localização da fonte sonora:
  • Recém nascido: desperta do sono;
  • 03-04 meses: começa a voltar a cabeça rudimentalmente;
  • 04-07 meses: localiza o som apenas para o lado;
  • 07-09 meses: localiza o som para o lado e para baixo indiretamente;
  • 09-13 meses: localiza o som para o lado, para baixo, em rápido;
  • 13-16 meses: localiza o som para o lado, para baixo e indiretamente para cima;
  • 16-21 meses: localiza diretamente todos os sinais, para os lados, para cima e para baixo;
  • 21-24 meses: localiza diretamente os sons em qualquer ângulo.
Porque a audição é importante?
- Na primeira infância, a criança depende primordialmente dos seus sentidos para, através do contato com o mundo exterior, promover experiências que atuarão de forma decisiva no seu desenvolvimento psíquico-social. No que diz respeito à sensibilidade auditiva é fundamental para a aquisição e desenvolvimento norma da linguagem oral a integridade anátomo fisiológica do sistema auditivo. Segundo especialistas, a perda auditiva, mesmo discreta, pode alterar o desenvolvimento da comunicação oral.

É comum crianças nascerem com algum tipo de perda auditiva?
- Estima-se que no Brasil 3 a 5 crianças em 1000 nasceram surdas, aumentando para 2 a 4 em cada 100 recém nascidos quando provenientes de Unidade de Terapia Intensiva

Quais são os bebês que terão mais chances de apresentar perda auditiva:
  • História de surdez na família;
  • Infecções congênita (intra-uterina): Citomegalovirose, rubéola, sifilis, herpes genital, toxoplasmose;
  • Anomalias craniofaciais;
  • Peso inferior a 1.500g;
  • Hiperbilirrubinemia - icterícia (ou amarelão) com níveis altos de uma substância no sangue, chamada bilirrubina e o tratamento vai desde banho de luz até exanguíneo transfusão;
  • Medicação otoxoxica - uso de antibióticos do tipo aminoglicosídeos;
  • Meningite bacteriana;
  • Boletim de Apgar menor que 3 no 1º minuto de vida e menos que 6 no 5º minuto de vida;
  • Ventilação mecânica por mais de 5 dias;
  • Algumas síndromes.
Na próxima terça - A importância do Teste da Orelhinha! 


Referências consultadas:
Ana Cristina da Silva Lavra Marques. Rio de Janeiro 1999. Avaliação auditiva comportamental: http://www.cefac.br/library/teses/aeffcd01ad9a7fb477fef559bdc620f7.pdf.
Andrêza Batista Cheloni Vieira, Luciana Resende de MAcedo, Denise Utsch Gonçalves. The diagnosis of hearing loss in childhood. Pediatria (São Paulo) 2007;29(1):43-49.
Lewis DR, Marone SAM, Mendes BCA, Cruz OLM, Nóbrega M. Comitê multiprofissional em saúde auditiva, COMUSA Braz J Otorhinolaryngol. 2010;76(1):121-8: http://www.programainfantilphonak.com.br/desenvolvimento-auditivo.pdf


Postado por: Hálida Valle                   E-mail: maissaude.fono@gmail.com
Blog: http://www.facebook.com/MaisSaudeFono
Casada, mãe das gêmeas Lívia e Júlia, com 1 ano e 6 meses
Fonoaudióloga - CRFa 6466, pós graduada em Gestão em Fonoaudiologia 
Uma das editoras dessa coluna, a Fala Drª.



Gostaram mamães?
Alguma dúvida?

Gostou? Compartilhe!
Categorias:
Comentrios
0 Comentrios

0 comentrios:


Postar um comentário

Obrigada pela visita em breve retribuirei!

Blogroll - Mães Blogueiras

Inscreva-se:  

Decoração

Receitas

Vida de Mãe

 
Pin It button on image hover