Caixa de busca

Últimas matérias

Família Gemelares da Semana - Por Mariah Galvan

s 08:30

"...Depois que temos filhos voltamos a ser criança e hoje em dia me divirto demais com os meus pequenos."

É com você Mariah: 



Conheci o Jean em 2003 pela internet e seis anos depois nos casamos. Sempre tive muitas dores de cabeça devido ao anticoncepcional e por isso logo depois do casamento parei de tomar o mesmo, mas tomando todos os cuidados sempre, pois queríamos aproveitar mais um pouco, e terminar  o meu curso na faculdade. Devido não estar tomando o remédio, todo mês achava que estava grávida e a mesma sempre atrasava.

Um ano depois cansei de achar que estava grávida, resolvi não fazer mais teste, e nem ficar encanada. Em um belo dia de pura enxaqueca, pedi para o marido ir até a farmácia comprar um remédio e um teste de gravidez, porque ficar tomando remédio sem saber se estava grávida, era muito perigoso (ciclo atrasado à quase três meses). Fiz o teste! POSITIVO! Quanta alegria, não sabíamos se ríamos ou se chorávamos de felicidade, foi muito lindo! A família inteira ficou em êxtase, pois era o primeiro neto, imaginem a cara dos avós!


Dez dias depois fui fazer o ultrassom (já estava de 9 semanas), antes de entrar na sala, falei para meu marido: "Amor, vai que são gêmeos?!". Quando a médica colocou o aparelho, ela disse: "Nossa, estou com sorte pra gêmeos hoje!!" Nossa! Choramos muito, e ainda poder ouvir os coraçõezinhos dos dois, uma obra de Deus, foi o som mais lindo que escutei até aquele momento!

A gravidez foi ótima, mas no final tivemos um pouco mais de cuidados, fazendo ultrassom a cada 15 dias para ter certeza que estava tudo bem com os bebês, mas com 34 semana, Arthur ficou com o cordão umbilical enrolado duas vezes no pescoço, então tivemos que adiantar a cesárea.


Nasceram dia 22 de dezembro de 2010, com 34 semanas e 5 dias, Arthur pesando 2,150kg e Lorenzo com 2,155kg (apenas 5g de diferença). No dia que nasceram foi uma loucura, cheguei atrasada no hospital, mas estava super tranquila e ansiosa para ver a carinha deles. Na hora do parto, vi o Arthur rapidamente, foi primeiro a nascer e logo depois o Lorenzo que não chorou, só depois a médica veio me mostrar ele, foi muito rápido, pois estava tendo muita dificuldade para respirar. Eles eram lindos, mesmo com a carinha toda enrugada. Tiveram uma infecção onde passaram 15 dias na UTI tomando antibióticos e também por causa dos pulmões que não estavam totalmente amadurecidos. Foi a minha maior felicidade o nascimento deles e maior tristeza vê-los entubados e eu voltando sozinha pra casa, e no dia de Natal.


No dia 4 de janeiro de 2011, saímos do hospital e fomos pra casa com nossos pedacinhos de gente nos braços. Minha mãe ficou conosco durante 1 mês para ajudar. No começo foi muito difícil, pois morávamos em Cuiabá e não tinha ninguém para nos ajudar, então, eram somente nós dois. Os meninos tiveram muitas cólicas até os 3 meses, foram noites embalando eles e fazendo massagem na barriga, nós dois estávamos "só o pó da gaita". Mas como tudo passa, a cólica também passou, e foi só alegria.


Aos 7 meses começaram engatinhar e com 11 andar, é a coisa mais linda do mundo ver a evolução deles. Hoje com 1 ano e 5 meses, são nossos amores, e agradeço a Deus todos os dias por ter me dado essa família maravilhosa que tenho e que amo demais!


Depois que temos filhos voltamos a ser criança e hoje em dia 
me divirto demais com os meus pequenos!



Gostou do 19º relato da Família Gemelares da Semana? 
Conheça quais foram as famílias que já passaram por essa coluna, clicando aqui ! 

Você quer ver a sua família no Gemelares, clique aqui e saiba como!

Comentrios
1 Comentrios

1 comentrio:

  1. Linda a história da família da semana, está lindo o site amiga parabéns!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita em breve retribuirei!

Blogroll - Mães Blogueiras

Inscreva-se:  

Decoração

Receitas

Vida de Mãe

 
Pin It button on image hover